Mastoplastia de Aumento

Mastoplastia de Aumento
A cirurgia de aumento de mama é chamada de Mastoplastia de Aumento sendo também conhecida por Mamoplastia de Aumento, é a cirurgia que utiliza implantes para dar volume aos seios.

A Mastoplastia de Aumento é a cirurgia mais realizada dos últimos anos pois está diretamente associada com a feminilidade da mulher e essa cirurgia em maior ou menor grau proporciona benefícios quando escolhida a melhor técnica, o tamanho das próteses proporcional ao biótipo objetivando um resultado harmônico.

Para quem está insatisfeita com o tamanho das mamas, a cirurgia de Mastoplastia de Aumento é uma opção a ser considerara pois o aumento das mamas pode:
• Aumentar o tamanho e projeção dos seios;
• Melhorar a harmonia do corpo;
• Melhorar a autoestima e confiança;
• Corrigir assimetria (diferença) entre as mamas. Em algumas pessoas pode haver diferença significativa entre uma mama e outra, podendo ser corrigida com a colocação de volumes diferentes de prótese mamária em cada lado operado.
• Os implantes também servem para a reconstrução de mama após a mastectomia (retirada do seio) ou lesão;
• Proporcionar satisfação para mulheres que os seios perderam a forma e volume após a gravidez, a perda de peso ou ao envelhecimento. 
 
O aumento de mama pode ser uma boa opção para quem:
• Estiver fisicamente saudável;
• Tiver expectativas realistas;
• Os seios estão totalmente desenvolvidos;
• Disponibiliza de tempo adequado para repouso e recuperação pós-operatória;
• Estiver se sentindo bem emocionalmente. 
image004.jpg

Melhorar a autoestima e Autoconfiança

Importante!
MASTOPLASTIA de Aumento não corrige seios severamente caídos. Se deseja um resultado que corrija a flacidez, o procedimento de elevação das mamas chama-se MASTOPEXIA e pode ser realizado ao mesmo tempo que o aumento de mama ou, então, pode ser necessária realizar uma segunda cirurgia.

Dr. Sergio Evangelista cirurgião plástico irá ajudar a tomar esta decisão durante a consulta.

O acompanhante da paciente, que será o cuidador(a) após a cirurgia deverá acompanhar a consulta e demais passos de preparação pré-cirúrgica no hospital. Isso facilita muito no pós-operatório.

Aqui no Hospital Candido Portinari, você terá cirurgião plástico atento aos mínimos detalhes, ambiente hospitalar adequado e um pré-operatório especializado onde realizamos triagem do estado de saúde da paciente, focamos na prevenção de complicações e preparo do corpo da paciente para receber tratamento cirúrgico, são detalhes essenciais no sucesso do resultado.

Nossa missão é “cuidar de pessoas”.
 

O silicone pode melhorar a harmonia de seu corpo

selos.jpg
A pesquisa é o primeiro passo e está acontecendo!

Agora, para aproximar-se da realização da cirurgia de Mastoplastia de Aumento, vem o momento de tirar dúvidas, e antes mesmo da consulta médica você pode saber mais detalhes sobre a cirurgia, sobre o que são as próteses e os cuidados pré e pós operatório.

Nosso site é informativo, fizemos o máximo para te esclarecer sobre o assunto

​SOBRE A PRÓTESE

image014.jpg
TEXTURA E MATERIAL DAS PRÓTESES DE SILICONE
Os implantes mamários são um invólucro feito de elastômero de silicone e preenchido com gel de silicone transparente, de grau médico e ultra resistente. O silicone é um composto quimicamente inerte, inodoro, insípido e incolor.

Existem dois tipos de textura de prótese de silicone: a lisa e a texturizada, sendo as texturizada próteses que possuem um micro relevo na superfície. Essa textura dificulta a organização de fibras mais intensas na cápsula formada ao redor da prótese.

O Dr. Sergio Evangelista usa próteses com textura.

SEGURANÇA DO IMPLANTE E DURABILIDADE
Existem variadas marcas de prótese no Brasil. Dr. Sergio Evangelista recomenda próteses das marcas que tenham autorização da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e selo do Inmetro. “A Anvisa é vinculada ao Ministério da Saúde e tem como objetivo controlar e regular a área sanitária de serviços e produtos relacionados a equipamentos médicos, sejam eles nacionais ou importados. Já o Inmetro é o órgão brasileiro de certificação.
 
Com a evolução dos implantes mamários, de conteúdo de gel líquido para gel coesivo, tornaram as próteses muito mais seguras e duradouras, não havendo mais a necessidade de trocar os implantes a cada dez anos. Então não há um tempo específico para a troca das próteses, algumas mulheres chegam a conviver com elas por 15, 20 ou mais anos sem nenhum problema. Por esse motivo é importante ressaltar que é essencial que seja feito um acompanhamento anual com o cirurgião plástico.

Quando houver dúvida sobre a integridade das próteses que tiver colocado o médico solicitará um exame de ultrassom das mamas, e se mesmo assim ainda houver dúvidas o exame de ressonância magnética é o mais conclusivo para visualizar possível ruptura na prótese.   Raramente pode acontecer a rotura (rompimento) de um implante e, caso isso aconteça, por ele ser de gel coeso, seu conteúdo não se extravasa para fora do mesmo e não diminui a mama. Mas é recomendado consultar o cirurgião plástico regularmente para garantir que os implantes estejam em condições normais.

Para triagem de câncer de mama em pacientes com prótese mamária necessita-se de técnicas próprias de mamografia (incidências de Acklung) que são dominadas pelos médicos radiologistas, não havendo atraso no diagnóstico. É Importante procurar um local que oferece um bom serviço de imagem e diagnóstico.

A prótese mamária não prejudica o diagnóstico do câncer de mama.
 

TAMANHO E PERFIL

Um dos assuntos prediletos de quem está pretendendo realizar a cirurgia de mastoplastia de aumento (mamoplastia de aumento) é sobre “o tamanho das próteses”.

A escolha do tamanho e modelo da prótese é feita baseada nas medidas do tórax da paciente, distância entre os ombros, tamanho das mamas pré-existentes, características da pele, a consistência dos seios e desejo da própria paciente.

Deixe de lado o pensamento de que a prótese que ficou linda na sua amiga também ficará ótima em você. Cada mulher tem um tipo e tamanho de mama, ou seja, cada uma tem a recomendação de um tipo de implante.

O corpo deve estar totalmente desenvolvido para realizar essa cirurgia. Mulheres muito jovens, com menos de 18 anos de idade precisam da autorização por escrito dos pais para realizar o procedimento.

Existe além do tamanho, o perfil dos implantes para ser decidido e cada marca de implante oferece opções de perfil diferentes, que pouco diferem uma das outras.

Confira abaixo alguns tipos de próteses que existem:
 
image020.jpg

Esses modelos apresentados são somente para parâmetros de informação não sendo os únicos existentes no mercado.

PERFIL ALTO
Oferece uma boa projeção, natural, dando volume uniforme na mama de forma discreta. Esse perfil tem a base maior do implante. Indicado em casos que a paciente tem uma área mamária grande.

PERFIL SUPER ALTO
Oferece maior projeção, deixando as mamas mais evidentes, sobretudo no polo superior. É o mais usado por mulheres de tórax estreito e chama-se também de projeção extra completa.

PERFIL MODERADO
Esse perfil vai oferecer uma projeção moderada      
O sucesso e a segurança do procedimento dependem muito da sinceridade durante a consulta. Paciente deve ser participativo e procurar esclarecer dúvidas sobre o procedimento. Questionado sobre sua saúde, desejos e estilo de vida, não deve esconder nada.

VOCÊ PACIENTE É MUITO IMPORTANTE, E AQUI, CUIDAMOS DE VOCÊ!

Em nosso hospital o paciente percorre etapas em diversos setores, desde o seu atendimento na recepção, fotografias, consulta, pedido de exames, orçamento, agendamento e após os exames realizados, mais setores cuidarão dos preparos da sua cirurgia.  Todos com relevante importância, até chegar o momento da cirurgia (veja abaixo as etapas e setores).
 

​PLANEJAMENTO

image031.png
No dia da consulta ao chegar à recepção do hospital a secretária preenche um cadastro com os documentos pessoais do paciente e logo em seguida será fotografada.

Uma pessoa da nossa equipe devidamente treinada fotografa (a região a ser consultada) em uma sala apropriada seguindo o protocolo.

Essas fotos ficam arquivadas no prontuário individual de cada paciente. Logo em seguida paciente é encaminhada para o consultório do Dr. Sergio Evangelista.

Aproveitar a consulta e fazer as perguntas que acreditam ser importantes, é o momento para tirar dúvidas sobre a cirurgia e junto com o Dr. Sergio discutir as possibilidades.

O sucesso e a segurança do procedimento dependem muito da sinceridade durante a consulta. Paciente deve procurar esclarecer dúvidas sobre o procedimento.

No dia da consulta se a paciente desejar, já pode fazer uma programação da data da cirurgia, aí então levará o pedido de exames a serem realizados.  

Na mesma consulta um dos detalhes que fica decidido é onde o silicone será alojado, se será implantado sobre o músculo, abaixo do músculo ou submuscular parcial, (também chamado dual plane ou plano duplo).

Tudo isso deve ser discutido, mas lembrar que não depende somente do desejo da paciente em escolher onde serão alojadas as próteses, por cima ou por baixo do músculo, depende principalmente da estrutura física de cada pessoa.

Por exemplo, uma mulher extremamente magra provavelmente não terá cobertura suficiente para colocar a prótese acima do músculo, pois ficará muito marcada, a prótese pode ficar visível.
 
Veja nas imagens abaixo os planos que podem ser implantadas as próteses mamárias.

 
image032.jpg
image035.png
A escolha do plano anatômico baseia-se principalmente na necessidade de esconder o implante ou oferecer cobertura para que não seja visível.

O plano submuscular parcial não oferece vantagens adicionais em relação aos outros planos acima do músculo quanto à prevenção de flacidez ou ptose mamária, ou seja, independente do plano, caso haja predisposição para flacidez o plano anatômico não irá mudar esta evolução.

Não é possível evitar cicatriz na cirurgia de Mastoplastia de Aumento, pois é necessário ter um local de acesso para a implantação das próteses, mas, é possível conversar com Dr. Sergio Evangelista que é o cirurgião plástico e decidir o local da incisão.
 
image039.png

Incisão Inframamária

A INCISÃO INFRAMAMÁRIA É A MAIS INDICADA POR NÓS
A incisão é feita abaixo da mama, na prega inframamária, na divisa entre o seio e o tórax.

Esta incisão é a técnica mundialmente mais realizada e proporciona o melhor acesso para dissecção que precisa para colocação de um implante mamário. Outro ponto positivo é que, esta técnica agride muito pouco o tecido mamário, e é importante no sentido de reduzir complicações pós-operatórias e não interferir em uma futura amamentação. 

Também é o local onde a cicatriz fica mais discreta, escondida.

CONSULTA PRÉ-ANESTÉSICA

A equipe do setor pré-operatório agenda a consulta com o médico anestesista que é realizada aqui mesmo no hospital, normalmente até 7 dias antes da cirurgia.

Nessa consulta o médico anestesista também faz a conferencia dos exames de laboratório e de imagem que devem ser realizados e previamente entregues aqui para nós. Se estiver tudo bem com os exames a cirurgia é programada conforme protocolo anestésico.

E em alguns casos pode-se suspender a cirurgia por apresentar resultados de exames fora do padrão de segurança.  Paciente deve ser sincera e não esconder nenhum detalhe!

Antes de Realizar sua Cirurgia plástica passe em consulta pelo médico anestesista. 
Resolução CFM 1 802/2006
 

PRÉ-OPERATÓRIO

A preparação para efetuar a cirurgia de Mastoplastia de aumento é tão importante quanto às outras etapas e influencia diretamente na recuperação.

Vamos falar sobre o PRÉ-OPERATÓRIO que realizamos aqui no Hospital Candido Portinari.

Lembrando que, todas as orientações pré-operatórias, o CHECKLIST COMPLETO, são passadas para o paciente pessoalmente por escrito e aqui no site reforçamos algumas:
Não fique com dúvidas, entre em contato com a equipe de enfermagem do Hospital Candido Portinari.
RECOMENDAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS
1- Realize os exames no mínimo 1 mês antes da cirurgia;
2- Leve todos os resultados dos exames na avaliação com o cardiologista;
3- Entregue os exames no Hospital Candido Portinari, com o máximo de antecedência;
4- Realizar consulta pré-anestésica com no máximo 7 dias que antecede a cirurgia;
5- Tome 3 litros de água por dia, 15 dias antes da cirurgia;
6- Use 7 dias antes e 30 dias depois da cirurgia, sabonete antibactericida;
7- Inicie 1 semana antes da cirurgia o suplemento alimentar Nutrem Active;
8- Inicie 1 semana antes da cirurgia, o uso do medicamento ARNICA –conforme receita médica;
9- Não usar cremes e/ou óleos 7 dias antes da cirurgia;
10- Comunicar-se conosco até dois dias antes da operação em caso de gripe ou outra indisposição.
11- Parar com o uso do anticoncepcional, reposição hormonal, ácido acetilsalicílico (AAS, Aspirina), anabolizantes, medicamentos para emagrecer e Roacutan 30 dias antes da cirurgia;
12- Se fizer uso de alguma medicação continua e/ ou controlada, comunicar o médico e a equipe com antecedência;
13- Não ingerir bebidas alcoólicas, cessar tabagismo (cigarro) e uso de drogas ilícitas por 30 dias antes da cirurgia.
14- Faça uso todos os dias de alimentos ricos em proteínas como: carne bovina, aves, peixes, ovos, leite, pois ajudam na cicatrização tecidual;
15- Comunicar a equipe de enfermagem se tem alergia a algum medicamento;
16- Se estiver nos planos realizar alguma viagem de longa distância na véspera da cirurgia, informar à equipe ou ao médico com bastante antecedência.
17- Programe suas atividades sociais, domésticas, profissionais ou escolares, de modo a se tornar dispensável a terceiros, por um período de aproximadamente 25 dias.
18- Evitar contato com animal de estimação;
19- Realizar marcação na véspera da cirurgia;
20- No jantar da véspera da cirurgia não fazer grandes refeições respeitando o limite de 22:00 horas como última refeição, não ingerir nem água.
21- Internar-se no hospital obedecendo ao horário estabelecido.

“CONTAMOS COM A SUA  COLABORAÇÃO PARA QUE A CIRURGIA SEJA PREVISÍVEL E TRANQÜILA”.

 
image044.jpg
Véspera da Cirurgia
Na véspera da cirurgia é feita a marcação cirúrgica, Dr. Sergio faz no corpo da paciente desenhos com caneta cirúrgica nos locais onde serão operados, além de ser neste momento a oportunidade de tirar as últimas dúvidas sobre a cirurgia.

Na marcação a enfermeira que acompanha, orienta novamente sobre o horário da internação do dia seguinte.

ORIENTAÇÕES PARA O DIA DA CIRURGIA

1- Para garantir a segurança e conforto, paciente não deve comer ou beber após às 22 horas do dia que antecede o procedimento. A paciente deve permanecer em jejum, inclusive sem consumir líquidos, para evitar complicações respiratórias na aplicação da anestesia. Se não seguiu essa orientação comunique o médico anestesista e a toda a equipe. Isso para cirurgias realizadas no período da manhã.

2- As cirurgias realizadas no período da tarde é orientado jejum a partir das 07:00 da manhã.

3- No caso de ser necessário ingerir algum medicamento de uso frequente, estes devem ser tomados com uma pequena quantidade de água.

4- Quanto à higiene pessoal matutina é recomendado que seja feita com cuidado para não engolir água.

5- Hidratantes, cremes, loções, esmaltes escuros e qualquer tipo de maquiagem não devem ser utilizados no dia da cirurgia.

6- Trazer para o hospital roupa confortável e com abertura na frente, para usar ao receber alta;

7- A cirurgia de Mastoplastia de aumento leva em média 1 ½ hora a 2 horas de duração.

8- Após a recuperação pós-anestésica a paciente vai para o quarto acompanhado do médico anestesista, e no quarto pode estar o acompanhante.

9- O período de internação varia de 12 a 24 horas. Esse tempo é determinado de acordo com a resposta do organismo à reabilitação. Somente quando o cirurgião plástico considera que a paciente está em boas condições é que concede a alta hospitalar, com agendamento do retorno para acompanhamento de pós-operatório.

PROCEDIMENTO

image046.jpg
Etapas que acontecem durante a cirurgia de Mamoplastia de Aumento:

Ao ser internada aqui no HCP todas os pacientes usam botas pneumáticas, faz parte do protocolo e recomendações da Organização Mundial de Saúde para prevenção e CIRURGIA SEGURA.

As botas pneumáticas são mantidas durante todo o procedimento cirúrgico e nas primeiras 12 horas de pós cirurgia, estas fazem compressões momentâneas melhorando o fluxo sanguíneo, prevenindo a formação de trombos.
image048.jpg
ETAPA I – ANESTESIA 
Medicamentos são administrados para o seu conforto durante a cirurgia de aumento de mama.  O médico anestesista permanece ao lado da paciente durante toda a cirurgia fazendo o monitoramento.
image050.jpg
ETAPA II – A INCISÃO
A incisão é o corte para acesso da prótese até a loja mamária.
image052.jpg
ETAPA III - INSERÇÃO E COLOCAÇÃO DO IMPLANTE
Após a incisão, a prótese será inserida em um plano mamário previamente planejado e decidido na consulta, porém em alguns raros casos no momento da cirurgia o cirurgião identifica a necessidade de mudança.

A cirurgia de Mastoplastia de Aumento leva em média 1 ½ hora a 2 horas de duração.
 
image054.jpg
ETAPA IV - FECHANDO AS INCISÕES
As incisões são fechadas com suturas por camadas no tecido da mama e posterior às suturas usa-se uma cola chamada Derma Bond para fechar a pele e proteger melhor contra contaminações.

O uso desta cola é importante, pois proporciona mais segurança.
 
image056.jpg
ETAPA V - TÉRMINO DA CIRURGIA
Curativos e faixa na região do tórax, chumaços de algodão e gaze para proteger e dar sustentação a região operada.

Os sedativos são interrompidos e paciente passa por RPA (recuperação pós-anestésica), em seguida é levada para o quarto onde fica internada e monitorada por aparelho multiparâmetros e equipe hospitalar.

Se desejar pode ter no quarto um acompanhante durante todo o tempo de internação.  

Monitorização multiparâmetros, é um monitor mais amplo, no qual mostra em tempo real a frequência cardíaca com o traçado de eletrocardiograma, saturação de O2, pressão arterial, frequência cardíaca e temperatura em tempo real.
 
image060.jpg
ETAPA VI – RESULTADOS IMEDIATO
Os resultados são imediatamente visíveis, porém posteriormente vem o inchaço, que com o repouso adequado e tratamentos diversos realizado com a equipe de pós-operatório diminui gradualmente com o tempo.
Somente no período tardio é que as mamas atingirão sua forma definitiva (após cerca de 6 meses), então, precisa ter paciência e muito repouso.

 
A paciente submetida a Mastoplastia de Aumento poderá receber alta no mesmo dia da cirurgia ou no dia seguinte.

Os parâmetros para alta hospitalar são baseados na resposta pós-operatória. Para receber alta precisa apresentar sinais vitais (pressão arterial, frequência cardíaca, saturação O2) normais ou iguais à admissão, ter deambulado, se alimentado, diurese presente, dor suportável ou presente somente aos movimentos.

Importante também, caso receba alta no dia da cirurgia, só realizar pequenos deslocamentos, ficando na mesma cidade.

NOSSA MISSÃO É “CUIDAR DE PESSOAS. “
 
AO SAIR DE ALTA ainda no hospital é realizado um procedimento padrão que chama-se CHECK LIST ALTA HOSPITALAR, são 28 itens referente a saúde do paciente que são checados, conforme Organização Mundial da Saúde preconiza e outros desenvolvidos por nós que julgamos necessários.

A paciente recebe o KIT ALTA, é uma pasta de documentos contendo todas as orientações pós-operatórias por escrito, receitas para administração de remédios, telefones de contato caso haja necessidade ou emergência e como proceder, recomendações com a alimentação e o MANUAL DE CUIDADOS específicos da cirurgia de Mastoplastia de aumento e faixa de contenção para os braços.

​DOR NO PÓS-OPERATÓRIO DESTA CIRÚRGICA

image062.jpg
Depende muito da sensibilidade de cada paciente, mas você precisa obedecer às instruções médicas, principalmente no que tange à movimentação dos braços nos primeiros dias. Poderá ocorrer manifestação dolorosa sim, que é amenizada com os analgésicos receitados.

LEMBRANDO QUE, SE SENTIR ALGUM TIPO DE DESCONFORTO, ENTRE EM CONTATO COM O MÉDICO DR SERGIO (66)99986-0953.

Seja sempre sincero, não esconda nada. Contamos com a vossa colaboração para que o pós-operatório seja previsível e tranquilo.

ORIENTAÇÕES E INFORMAÇÕES SOBRE COMO O PACIENTE OU SEU ACOMPANHANTE DEVEM PROCEDER EM CASO DE EMERGÊNCIA DOMICILIAR PÓS ALTA:
 
Para pacientes residentes em Sorriso:
Em caso de vômitos repetitivos, dor intensa e sangramento – procurar atendimento médico com urgência e comunicar o DR Sergio Evangelista.

Sugestões e exemplos:
- Hospital 13 de maio – Av. Brasil Villa Romana – fone: 3212-4700
- UPA – Av. Porto Alegre – 3544-5989
- Hospital Regional – Av. Porto Alegre – fone 3545-6100
OBS.: Em caso de desmaios ou falta de ar, ligar para SAMU – 192 ou outro serviço de ambulância móvel da cidade.
 
Para pacientes que não residem em Sorriso:
Em caso de vômitos repetitivos, dor intensa e sangramento – procurar atendimento médico com urgência e comunicar o DR Sergio Evangelista.

OBS.: Em caso de desmaios ou falta de ar, ligar para SAMU – 192 ou outro serviço de ambulância móvel da cidade.
 
DR SERGIO EVANGELISTA – (66) 99986-0953
(Paciente favor salvar contato no seu celular)

 
Lembrar que o Hospital Candido Portinari não dispõe de serviço de atendimento de urgência e emergência externo.
 

​CUIDADOS PÓS-CIRURGIA:

image065.jpg
VEJA COMO É A ROTINA E EVOLUÇÃO:

SEGUE ABAIXO ALGUMAS INSTRUÇÕES E QUALQUER DÚVIDA ENTRE EM CONTATO COM O DR. SERGIO EVANGELISTA E COM A EQUIPE NO HOSPITAL CÂNDIDO PORTINARI.
OS CUIDADOS PÓS-OPERATÓRIOS SÃO DE SUMA IMPORTÂNCIA PARA A RECUPERAÇÃO DE SUA SAÚDE E BEM ESTAR.
 
MEDICAÇÃO:
• Os medicamentos devem ser tomados nos horários estabelecidos conforme receita médica fornecida pelo médico na alta hospitalar. 

• Leia as orientações que lhe foram entregues, elas são importantes 

CURATIVO:
• Com 2 dias a paciente irá retornar ao hospital para o primeiro atendimento, onde será retirado à faixa, chumaço e o dreno caso tenha sido colocado, em seguida veste-se a paciente com o sutiã específico.
• A 1° microporagem que está nas mamas permanece até o 4° dia.
• Os curativos e a microporagem serão trocados a cada 4 dias somente no hospital, por 30 dias, o paciente não deve mexer nos curativos e na microporagem para não correr o risco de contaminação e infecção no local da cirurgia. 
 
REPOUSO:
“Cama, cozinha e banheiro” por 30 dias;
Para evitar o rompimento dos pontos, consequentemente abertura da cicatriz e com isso uma nova sutura no local que requer ainda mais tempo de recuperação, deve seguir rigorosamente as recomendações.


É necessário o auxílio de acompanhante para:
levantar, deitar, sentar, banhar-se, arrumar o cabelo e se vestir por 15 dias severamente e até os 30 dias moderadamente; 

BANHO:
• Não molhar o curativo até o 4° dia, fazer a higienização das mamas com Clorexidine aquosa – conforme orientação recebida no hospital

• No 4° dia de pós-operatório, o banho deve ser tomado 1 hora antes de retornar ao hospital para a troca da primeira microporagem.

• Após a troca da primeira microporagem será permitido tomar banho todos os dias

• Tomar banho sempre sentado e com auxílio de outra pessoa. 

EM CASO DE TER SIDO COLOCADO DRENO:
• Remove-se o dreno dois ou três dias depois da cirurgia com a equipe de pós-operatório em ambiente apropriado, no caso aqui no Hospital;
• Manter o dreno abaixo do nível do corpo, nunca no mesmo nível e nem acima;
• Se for necessário levantar, travar o dreno antes de realizar o movimento, pelo risco de infecção caso haja refluxo;
• Deve ser esvaziado pelo seu acompanhante, após a alta hospitalar a cada 3 horas sempre observando o volume desprezado;
• Não esquecer o dreno travado;
• Mantê-lo sempre com vácuo para que funcione corretamente.

A IMPORTÂNCIA DA MEIA ELÁSTICA

image067.jpg
A terapia de compressão é feita com o uso obrigatório de meias elásticas de compressão, pois são fundamentais no tratamento pós operatório para prevenir a TVP (trombose venosa profunda).

As meias recomendadas pelo Dr. Sergio Evangelista devem ser  corretamente usadas e ajustadas com frequência pelo acompanhante da paciente conforme orientação hospitalar.

Atenção, se mal posicionada pode prejudicar.

POSIÇÃO PARA DORMIR:

image069.jpg
• Dormir apenas na posição dorsal (barriga pra cima), deitar com o tronco e joelhos elevados por travesseiros ou almofadas.

• Não deitar de lado ou de bruços até que seja autorizado.

• Não deitar ou levantar sozinha.

• Importante usar a faixa de braço enquanto dorme para evitar espasmos, posicionando a mesma à frente dos braços na altura dos cotovelos de forma que não comprima a circulação.

CONTINUANDO SOBRE CUIDADOS PÓS-CIRURGIA – INFORMAÇÕES GERAIS:

image071.jpg
• Usar meias compreensivas por 20 dias
• Crio terapia e Termo terapia – Conforme orientação médica que recebeu no hospital;
• No primeiro dia de atendimento será colocado o sutiã próprio para recuperação;
• Seu atendimento com a equipe terá duração de 45 minutos a 1 hora;
• Você virá para atendimento com intervalos de 4 dias para troca de curativos;
• Uso de alguns aparelhos como Radiofrequência, Manthus, U.S. e drenagem que estimulam a recuperação serão usados conforme necessidade e orientação do médico;
• Retira-se os pontos de 9 a 12 dias após a cirurgia;
• Não dirigir por 30 (trinta) dias de pós-operatório para não haver deslocamento da prótese;
• Não ingerir bebida alcoólica por 30 (trinta) dias de pós-operatório;
• Se for necessário será realizado a mobilização dos implantes;
• Se lhe ocorrer a preocupação no sentido de “desejar atingir o resultado definitivo antes do previsto”, não faça disto motivo de sofrimento, tenha a devida paciência, pois seu organismo preciso de tempo, repouso, supervisão e alguns tratamentos realizados pela equipe de pós-operatório e do Dr. Sergio.
• Você não deve se esquecer que, até que se atinja o resultado almejado, as mamas passarão por diversas fases. 

IMPORTANTE:
Nos documentos que receberá na alta hospitalar terá também uma lista com  sintomas que, se surgirem deverá comunicar imediatamente o Dr. Sérgio.

 

SETOR DE PÓS OPERATÓRIO

Temos uma equipe especializada, formada por uma fisioterapeuta e uma enfermeira que atendem os pacientes nos tratamentos de pós-operatório em sala específica, sob a supervisão do Dr. Sergio Evangelista. A seção dura em torno de 45 minutos a uma hora.

Temos uma equipe especializada, formada por uma fisioterapeuta e uma enfermeira que atendem os pacientes nos tratamentos de pós-operatório em sala específica, sob a supervisão do Dr. Sergio Evangelista. A seção dura em torno de 45 minutos a uma hora.

A genética, a rotina de vida, a idade, os fatores emocionais e outras questões intrínsecas ao ser humano são condições que influenciam no restabelecimento da paciente que se submete à cirurgia plástica.

 
  • image073.jpg

    Seção de drenagem linfática

  • image075.jpg

    Seção com uso da Radiofrequencia

RECUPERAÇÃO E RESULTADO

Manter uma alimentação equilibrada, que não inclua produtos gordurosos e industrializados que comprometem a cicatrização, é outra forma de reduzir a duração do pós-operatório.

O repouso deve ser feito em ambiente calmo e fresco pois o calor prejudica a recuperação
As meias compressivas devem ser usadas sem intervalo e devem estar bem posicionadas, sem pregas.

O resultado final aparece entre três e seis meses. Antes disso, não considere definitivos o tamanho e a consistência dos seios, pois eles podem estar inchados.

É evidente que toda e qualquer preocupação de sua parte deverá ser a nós transmitida; daremos os esclarecimentos necessários para sua tranquilidade.

Tomar sol só após três meses da cirurgia com filtro solar. Isso evita cicatrizes grossas e escuras. Além de que o sol provoca inchaço devido à ação da vasodilatação, e suas mamas não devem sofrer com inchaço desnecessário

​RETORNAR AS ATIVIDADES FÍSICAS:

image079.jpg
• Somente após a cicatrização e liberação total do cirurgião plástico.

• Geralmente após 30 a 45 dias, com exercícios leves e progressivos.

• Quanto menos as mamas se movimentarem após a cirurgia melhor, por isto, vista roupas que deem mais sustentabilidade à região. O uso de um sutiã ou top mais justo, ajuda a evitar o risco de atrapalhar a cicatrização pós-cirúrgica.

ENGRAVIDAR APÓS A COLOCAÇÃO DE PRÓTESE

Após a gestação e a amamentação haverá mudança da mama, podendo ocorrer algum grau de flacidez. Entretanto, isso já ocorreria mesmo sem a presença de um implante mamário, pois naturalmente acontecerá o aumento da mama e assim a expansão da pele. Algumas mulheres possuem boa retração de pele provocando menos flacidez, outras o grau de flacidez é maior.

Após 6 meses da amamentação, se estas alterações ocorrerem e for desejo da paciente, pode-se trocar o implante por um maior ou optar pela cirurgia de Mastopexia (retirada de excesso de pele) ou até uma lipoenxertia mamária (aplicação de gordura da própria paciente na mama), dependendo o grau de alteração.

E QUANTO À AMAMENTAÇÃO

image085.jpg
Em nenhum dos planos cirúrgicos há prejuízos a lactação, pois o médico cirurgião usa a técnica cirúrgica que permite a preservação do mamilo e das glândulas mamárias.

Você então poderá amamentar normalmente sem prejuízos basta ter estímulos hormonais da lactação. Veja nas imagens que as glândulas mamárias ficam preservadas

RISCOS E INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA

A decisão de se submeter à cirurgia de aumento de mama é pessoal e é a paciente quem deve decidir se os benefícios estarão de acordo com seus objetivos e se os riscos e possíveis complicações são aceitáveis.
 
O cirurgião plástico e/ou equipe irão lhe explicar, em detalhes, os riscos associados à cirurgia. A paciente deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual irá se submeter e quaisquer riscos ou complicações potenciais.

POSSÍVEIS RISCOS NESTA OPERAÇÃO:  
1. Cicatriz desfavorável na mama   
2. Sangramento (hematoma)
3. Infecção   
4. Má cicatrização das incisões   
5. Alterações de sensibilidade do mamilo ou da mama, que podem ser temporárias ou permanentes
6. Riscos da anestesia   
7. Contorno e forma da mama irregularidades  
8. Contratura capsular, que é a formação de tecido cicatricial rígido em torno do implante
9. Ruptura do implante 
10. Enrugamento da pele sobre o implante
11. Descoloração da pele, alterações da pigmentação, inchaço
12. Danos em estruturas mais profundas tais como nervos, vasos sanguíneos, músculos e pulmões – de forma temporária ou permanente
13. Alergia ao material do curativo, ao fio de sutura, a colas, aos derivados do sangue, a medicações    tópicas ou injetadas
 14. Assimetria da mama
 15. Necrose do tecido adiposo (necrose de gordura)
 16. Acúmulo de líquido (seroma)
 17. Rigidez excessiva do peito
 18. Trombose venosa profunda, complicações cardíacas e pulmonares
 19. Dor, que pode perdurar
 20. Estrias           
 21. Risco de morte 
 22. Náusea, vômito e cefaleia
 23. Dificuldade no posicionamento para dormir  
 24. Deiscência de sutura 
 25. Tontura e dificuldade na alimentação  
 26. Pneumotórax  
 27. Flacidez recorrente da pele   
 28. Rejeição do implante   
 29. Possibilidade de novo procedimento cirúrgico (retoque).
 
OBS.: Lembrando que, de todas essas complicações a mais frequente é a abertura de pontos que pode evoluir para infecção de ferida cirúrgica, podendo até ser necessário a retirada do implante. Essa complicação está muito relacionada ao repouso inadequado no pós-operatório.

A segunda complicação mais frequente é o mal posicionamento do implante, que pode ser necessário uma reoperação para reposicionamento do implante.

CONTRATURA CAPSULAR

image088.jpg
Assunto bastante comentado pelas pessoas que procuram informações sobre a cirurgia de colocação de próteses de silicone.

É natural o organismo reagir à colocação da prótese formando um membrana fibrosa ao redor dela, mas há casos em que há uma retração exagerada da cápsula fibrosa do organismo, que determina certo grau de endurecimento à região, quando palpada e o tecido interno fica grosso, podendo até deformar o implante e nos casos mais graves causar dor.

Fique atenta ao sinal de endurecimento das mamas com dor ou assimetria ou desconforto.

Pequeno percentual de casos poderá estar sujeito à tal retração. Muitas mulheres nunca terão, portanto é um fenômeno individual para cada pessoa, a reação de cada organismo ao implante é imprevisível.

Cirurgião e paciente poderão ponderar sobre a conveniência ou não da substituição das próteses.

Essa reação não causa risco à saúde das pacientes porém podem evoluir com dores e incômodos. A contratura ainda pode ser uni ou bilateral. O diagnóstico na maioria das vezes é pelo exame clínico sendo que o ultrassom, a mamografia e a ressonância das mamas podem auxiliar no diagnóstico.

RESULTADOS

image090.jpg
Somente no período tardio é que as mamas atingirão sua forma definitiva (após cerca de 6 meses), então, precisa ter paciência.
 
 A satisfação com o resultado da cirurgia de Mastoplastia de Aumento é muito pessoal, e depende de alguns fatores como por exemplo autoestima da paciente.

Constatou-se que quando a paciente está em um momento de sua vida sem problemas ou conflitos pessoais e com uma expectativa realista então sentir-se-á feliz com o resultado.

Em alguns casos o resultado é bom, porém pode a paciente não se sentir totalmente satisfeita por ter tido uma expectativa distorcida, como por exemplo imaginar que iria ficar igual a uma pessoa que viu na internet ou uma amiga que já operou anteriormente ou ainda mudar totalmente o aspecto das mamas e isso não é possível.
 
Atenção, corpos diferentes, anatomias diferentes, recuperação diferente, com certeza resultado diferente!
Nosso objetivo é oferecer o máximo de segurança possível e bons resultados.

RESULTADO TARDIO:
É importante saber que os resultados da cirurgia de aumento de mamas não são permanentes e podem exigir substituição ao longo da vida.

Com o tempo, seus seios podem mudar devido a fatores hormonais, ao envelhecimento, às oscilações de peso e à gravidade.

Se, depois de alguns anos, você se tornar insatisfeita com a aparência de seus seios, você pode optar por se submeter a um procedimento de Mastopexia de mama (retirada de pele) ou troca das próteses ou ainda a uma lipoenxertia mamária.

Se desejar faça retorno com Dr. Sergio Evangelista para discutir mudanças em seus seios.
 

​LIPOENXERTIA MAMÁRIA

image091.jpg
A Lipoenxertia mamaria é o procedimento cirúrgico que se define na retirada de gordura de alguma área do corpo do paciente através de lipoaspiração e inserido no local desejado. Como a gordura injetada é retirada da própria paciente, o risco de rejeição é nulo e a recuperação assimila-se ao de uma lipoaspiração comum.
 A LIPOENXERTIA MAMARIA É INDICADA PARA:
• Aumentar as mamas de tamanho médio a pequeno para quem busca um aumento sutil.
• Para ser associada à prótese mamaria em situações especificas, em que somente o implante não proporciona bom resultado estético.
• Na reconstrução da mama, após a retirada de nódulo para preencher depressões e melhorar cicatriz.

A lipoenxertia mamaria proporciona aos seios o aspecto natural e o processo de recuperação é uma vantagem muito grande, quando comparada a outas cirurgias. 
 

DOCUMENTOS QUE AS PACIENTES RECEBEM

• Termo de consentimento livre e esclareciso
• Contrato de prestação de serviço e honorários profissionais
• Sistema de revisão cirúrgica
• Autorização para documentação fotográfica e protocolo de retornos pós-operatório
• Protocolo de pós-operatorio
• Orientações pré – operatórias
• Instruções para os pacientes que desejam realizar cirurgia plástica            
• Declaração de recebimento de informações
• Termo de consentimento anestésico
• Segurança do paciente
• Manual de cuidados domiciliares
• Comunicado clínico de necessidades especiais

A prática da medicina e da cirurgia não é uma ciência exata. Apesar de bons resultados serem esperados, não há garantia. Em algumas situações, pode não ser possível atingir os melhores resultados com um único procedimento cirúrgico, sendo necessária uma nova cirurgia.

Nosso objetivo é oferecer o máximo de segurança possível.
 
Atenção!
As imagens expostas aqui no site, somente devem ser usadas como referência e inspiração de resultado. Não espere que fique igual em você.

Lembrando que todas as orientações sobre o pós-operatório são passadas para o paciente pessoalmente, por escrito e verbalmente.

Qualquer dúvida entre em contato com o hospital / médico.
Telefones para contato: (66) 3544-9444 Hospital   (66) 99986-0953 Dr. Sergio Evangelista           

O Hospital Candido Portinari atende todos os pré requisitos de segurança para a realização da sua cirurgia, além de possuir um ambiente agradável com uma equipe especializada no atendimento exclusivo em cirurgia plástica. Esperamos receber você!

NOSSA MISSÃO É “CUIDAR DE PESSOAS”.
Dr. Sérgio Evangelista - Cirurgia Plástica no Mato Grosso

testimoniais...