Remoção de Tatuagem

Como é feita a tatuagem
O que é uma tatuagem? 
Vamos rever, em poucas palavras, o que é exatamente uma tatuagem: uma tatuagem é uma marca ou desenho permanente feito no corpo quando se insere pigmento na camada dérmica da pele por meio de rupturas na camada superficial da pele .
máquina de tatuagem elétrica
As tatuagens modernas são aplicadas usando-se uma máquina de tatuagem elétrica com agulhas que perfuram a pele rapidamente com movimento para cima e para baixo, não muito diferente do movimento de uma máquina de costura.

Remoção:
Com o passar dos séculos, diferentes métodos de remoção de tatuagens foram explorados. O relato mais antigo de remoção foi de Aetius, médico grego que descreveu a salabrasão em 543 d.C. Técnicas de remoção de tatuagens envolvem a destruição ou remoção de camadas externas da pele por meios mecânicos, químicos ou térmicos, acompanhada por reação inflamatória.

A eliminação transepidérmica do pigmento ocorre através de pele desnudada e de uma fase exsudativa que permite ao pigmento de tatuagem migrar até a superfície da ferida. A resposta inflamatória também pode promover atividade de macrófagos, com o aumento da fagocitose possibilitando perda adicional de pigmento durante a fase de cura.
Dermabrasão
Dermabrasão 
É o método primário de destruição mecânica de tecido. Para remover a maior quantidade possível de pigmento, uma roda em paliçada com fuso de diamante causa abrasão na pele. O procedimento tende a ser hemorrágico.

A formação subseqüente de cicatriz é pior se for tentada a remoção completa dos pigmentos em uma sessão, criando-se uma ferida na profundidade inteira do pigmento de tatuagem. A remoção de tecido apenas até a profundidade da derme papilar minimiza a cicatrização, mas deixa pigmento de tatuagem significativo, requerendo procedimentos adicionais que aumentam o potencial de cicatrização.
exérese cirúrgica
Excisão, em que um cirurgião ou dermatologista remove a tatuagem com bisturi e fecha o ferimento com pontos (em alguns casos de tatuagens grandes, talvez seja necessário um enxerto de pele de outra parte do corpo). 

A exérese cirúrgica da pele contendo pigmento de tatuagem também é comum, mas costuma resultar em remoção incompleta da tatuagem, distorção de tecido e formação de cicatriz em virtude das limitações de fechamento da ferida e sua cicatrização. Pequenas tatuagens localizadas em áreas de pele frouxa adequada, que permitam fechamento primário sem tensão excessiva, podem ser removidas satisfatoriamente com a exérese simples e o benefício de apenas um tratamento.
Dr. Sérgio Evangelista - Cirurgia Plástica no Mato Grosso

testimoniais...