Rinoplastia

A Rinoplastia, cirurgia das mais tradicionais no âmbito da cirurgia plástica, é aquela que mais chama a atenção pelos resultados, devido ao fato de se modificar o contorno facial do paciente. 

É uma das condutas que mais evoluiram nos últimos anos, permitindo atualmente resultados estéticos e funcionais, com preservação dos elementos anatômicos nobres do nariz.

Perguntas Frequentes

A cirurgia estética do nariz deixa cicatrizes?

Praticamente não existem cicatrizes aparentes na cirurgia estética do nariz. Isto porque as incisões (cortes) são feitas “dentro do nariz” ou nos sulcos, consequentemente deixam vestígios inaparentes.

Poderei escolher, para o meu futuro nariz, a forma que eu desejar?

Não. Existe um equilíbrio estético entre o nariz e a face, equilíbrio este que o cirurgião deve observar, a fim de preservar a naturalidade e autenticidade dessa face.

Cada caso é estudado minuciosamente, a fim de que se possa dar ao nariz a melhor forma possível, dentro das exigências da face. Se a sua escolha coincidir com aquele tipo de nariz planejado, sem dúvida seu desejo será atendido.

O resultado definitivo da "nova forma" é imediato?

 Não. Várias fases são características do pós-operatório do nariz. Logo após a retirada da imobilização nasal, em torno do 7º dia, apesar de corrigidos vários defeitos estéticos do nariz original, notamos um edema (inchaço) que vai diminuindo com o passar dos dias e que tende a desaparecer totalmente em torno do 6º mês. 

Existem pacientes que atingem o resultado definitivo um pouco antes, bem como outros que raramente ultrapassam este período. A persistência ou não do edema transitório por um período mais longo que o normal geralmente não interfere no resultado final.

Embora os resultados da Rinoplastia sejam, geralmente, permanentes, a cartilagem pode continuar a mover e remodelar o tecido, alterando o resultado ao longo do tempo

Como ficará minha respiração após a cirurgia?

A Rinoplastia visa, também, melhorar as condições respiratórias do paciente, quando estas condições são precárias no nariz original. 

Apesar de haver alguma dificuldade no pós-operatório mediato (algumas semanas), isto se deve ao fato do “edema” também existir na parte interna do nariz, assim como o movimento de “válvula respiratória” fica prejudicado nesse período, por alteração da elasticidade das asas. 

Com o decorrer do tempo tende a normalizar-se. Problemas respiratórios geralmente são ligados ao septo que, em muitos casos, é corrigido no mesmo tempo cirúrgico.

Por quanto tempo persiste o resultado obtido?

O resultado de uma Rinoplastia é praticamente definitivo. Apenas deve-se ressaltar que após a 5ª década de vida, qualquer nariz começa a apresentar alterações morfológicas, devido à transformação da qualidade da pele que o reveste.

E as complicações?

Raramente a Rinoplastia determina sérias complicações. Entretanto, sendo um procedimento cirúrgico, ocasionalmente poderão ocorrer imprevistos na evolução. Felizmente, esses eventuais imprevistos são passíveis de correções posteriores, mediante "retoques", permitindo-nos obter o resultado almejado.

Os possíveis “imprevistos” não devem ser confundidos com as formas intermediárias pelas quais passa o nariz, no pós-operatório imediato, até que atinja sua forma definitiva. 

Quaisquer dúvidas a respeito de uma possível complicação pós-operatória serão esclarecidas pela nossa equipe, que se antecipará a informá-lo a respeito disto, sem qualquer constrangimento.

Quanto aos tipos de complicações:

  • Ruptura de pequenos vasos no nariz,
  • Assimetria do nariz,
  • Cicatrizes desfavoráveis,
  • Sangramento (hematoma),
  • Infecção,
  • Riscos anestésicos,
  • Má cicatrização,
  • Dormência ou demais alterações de sensibilidade na pele,
  • Despigmentação da pele e/ou inchaço prolongado,
  • Podem ocorrer alterações na via aérea nasal após a rinoplastia e a septoplastia, podendo interferir na passagem normal de ar pelo nariz,
  • Perfuração do septo nasal (um orifício no septo nasal) pode desenvolver, no entanto, não é comum e tratamento cirúrgico adicional pode ser necessário para reparar o septo. Em alguns casos, pode ser impossível corrigir esta complicação,
  • Dor, que pode perdurar,
  • Complicações cardíacas e pulmonares,
  • Fios de suturas podem espontaneamente emergir na pele, tornando-se visíveis ou produzir irritação que exijam sua remoção.
  • Possibilidade de novo procedimento cirúrgico.
Quanto a anestesia

A anestesia geral é utilizada na maioria dos casos. Em situações muito favoráveis poderá ser utilizada anestesia local associada a uma leve sedação.

Alguns dias antes da cirurgia agendamos uma consulta para o paciente com o médico anestesista no próprio hospital, onde discutirão a respeito da melhor forma de anestesia.

Quanto tempo demora o ato cirúrgico?

Geralmente, 2 horas. Raramente, em casos mais complexos, este tempo é ultrapassado.

Qual o tempo de internação?

Em geral uma diária.

São utilizados curativos? Quantos?

Poderá ser usado um tampão nasal, feito com gazes embebidas em pomada, com o objetivo de evitar aderências internas, o qual é retirada no 2º ou 3º dia de pós-operatório. 

Após terminar a cirurgia, o nariz é mantido imobilizado com aquaplast (uma espécie de placa), que o recobre totalmente. Essa imobilização permanece por cerca de 7 dias, período após o qual é retirado no consultório, e substituído por uma nova camada de fita micropore para maximizar a forma nasal almejada, o qual será retirado no 15º dia de pós-operatório.

Há dor no pós-operatório?

Geralmente não. A cirurgia estética do nariz apresenta pós-operatório indolor. Quando ocorrer uma eventual dor, esta é facilmente combatida com analgésicos, que lhe serão receitados como preventivos.

Em que posição deverei dormir, nos primeiros dias?

Sempre com a cabeça discretamente elevada do leito (travesseiro). Manter-se com a face voltada para cima (nunca lateralmente)

Quando poderei tomar sol?
Geralmente após o 15º dia pós-operatório, não existe qualquer inconveniente em se expor ao eventual sol da rua. Entretanto, para exposições longas (praias, banhos de sol), aconselha-se aguardar um período mínimo de 30 dias e alta da equipe de pós operatório. 

Lembre-se, enquanto houverem equimoses o sol deve ser evitado ao máximo, sob pena das mesmas transformarem-se em manchas

RECOMENDAÇÕES SOBRE A RINOPLASTIA

RECOMENDAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS:             
Leia atentamente cada item abaixo e qualquer dúvida entre em contato com a equipe de enfermagem do Hospital:       
                                                         
  • Entregar os exames no hospital 1 mês antes da cirurgia.
  • Internar-se no hospital obedecendo ao horário estabelecido.
  • Comunicar-se conosco até dois dias antes da operação em caso de gripe ou outra indisposição.
  • Se fizer uso de alguma medicação continua e/ ou controlada, comunicar o médico e a equipe com antecedência;
  • Não ingerir bebidas alcoólicas, cessar tabagismo (cigarro) e uso de drogas ilícitas por 30 dias antes da cirurgia.
  • Parar com o uso do anticoncepcional, reposição hormonal, ácido acetilsalicílico (AAS, Aspirina), anabolizantes, medicamentos para emagrecer e Roacutan  30 dias antes da cirurgia;
  • Faça uso todos os dias de alimentos ricos em proteínas como: carne bovina, aves, peixes, ovos, leite, pois ajudam na cicatrização tecidual;
  • Caso tenha realizado alguma cirurgia anteriormente ou tratamentos estéticos diversos como (lipostabil e aplicação) avisar equipe de enfermagem.
  • Contamos com a vossa colaboração para que a cirurgia seja previsível e tranquila.
  • Programe suas atividades sociais, domésticas, profissionais ou escolares, de modo a se tornar dispensável a terceiros, por um período de aproximadamente 25 dias.
Lembrando que, todas as orientações pré-operatórias, o checklist completo, são passadas para o paciente pessoalmente após a consulta com o médico cirurgião, com o médico anestesista e da conferência dos exames solicitados.


RECOMENDAÇÕES PÓS- OPERATÓRIAS:    
Os cuidados pós operatórios são de suma importância para a recuperação de sua saúde e bem estar. Por isso siga as orientações que lhe foram passadas por escrito e verbalmente ainda no hospital. Segue abaixo algumas instruções e qualquer dúvida entre em contato com o médico.     
  • MEDICAÇÃO:
Os medicamentos devem ser tomados nos horários estabelecidos conforme receita médica fornecida pelo médico na alta hospitalar.
 
  • ALIMENTAÇÃO      
Seguir as orientações nutricionais entregues na véspera da cirurgia.

Lembrando que todas as orientações sobre o pós-operatório são passadas para o paciente pessoalmente, por escrito e verbalmente.
Qualquer dúvida entre em contato com o médico.
 
Telefones para contato: (66) 9986-0953 Dr. Sergio Evangelista           
 
Dr. Sérgio Evangelista - Cirurgia Plástica no Mato Grosso

testimoniais...